Sobre fazer as malas

Falar sobre fazer as malas para mim soa um tanto poético... Mas a verdade é que não pretendo falar sobre a decisão de mudar (temporariamente), ao menos por enquanto. A minha ideia é conversar sobre algum um pouco mais prático, fazer as malas mesmo! O que escolhi trazer na mala para seis meses de viagem considerando um período congelante!
Antes posso fazer uma sugestão do quê ouvir enquanto você lê o post? Por que fazer a mala é sensação de liberdade total (pra mim...) e essa música me marcou muito na pré viagem. Sugestão 2: procurem a da Nina Simone. É de arrepiar.


Voltando ao que interessa: O que trazer...? Imagino que isso deva ser algo bem pessoal, então vou contar o que eu trouxe, e o que me arrependi de ter trazido.
Eu trouxe duas malas, uma grande e uma de mão, mas que teve que ser despachada no trecho nacional pois excedia o limite de peso permitido. Estava com 10 kg, enquanto permitem 5kg.

Já viram que eu contei sobre alguns erros que cometi durante o planejamento da minha viagem?

A minha mala menor montei pensando em duas coisas: 1) se a minha maior extraviasse eu não ficaria pelada! risos 2) sai de Curitiba e São Paulo com uns 30°C e estava indo para um lugar que beirava os -30°C, então separei uma muda para trocar assim que chegasse e estivesse fácil.
Logo nela estava minha bota de neve, casacos - levei dois aqui: um impermeável e que barrasse o vento e outro daqueles leves bem quentes de pluma de ganso sabem? Essa dupla me acompanhou pelo inverno todo. Um casaco de lã, um par de meias beem quente e segunda pele (blusa e calça). Algumas roupas intimas (pelo motivo n° 1), lente de contato e necessaire com kit de primeiros socorros (remédios, make, etc).
Não foi muita coisa, mas com bota e tudo somou 10 kg... :(
A mala grande, com 24 kg levou o restante. Carreguei comigo um secador de cabelo e um modelador de cachos (indispensável HAHAHA). O secador eu deixaria, pois aqui em casa tinha, mas para o tempo frio é item de primeira necessidade mesmo! Trouxe umas 4 calças, 3 vestidos, 7 camisetas, pijama, 2 camisas, meias-calça, muitos cachecóis e gorros; trench coat, jaqueta (2), moletom... Umas 4 blusas segunda pele...  A bota de cano curto que eu viajei, a de neve, uma para sair, chinelo e tênis. E luvas. Enfim...


Minha conclusão é que trouxe muita coisa, mesmo pra seis meses. Eu teria trazido uns 2 gorros ao invés dos quase 10 que eu devo ter posto na mala. O mesmo vale para os cachecóis. Não precisaria ter trazido tantas segunda pele, pois afinal de contas você as lava, e no fim eu nem usava todo dia. Dependendo da quantidade de camadas que eu montava não sentia necessidade de segunda pele.Bota de salto, deixaria em casa também.
O meu problema foi que achei que seria melhor fazer a mala um pouco antes da viagem, ok... Mas bem que eu poderia ter feito uma lista muito antes para ir mudando de ideia ao longo do tempo.
Ainda acho válido dizer que não precisei comprar nada aqui para o frio pesado, além de luvas. Tudo que trouxe do Brasil funcionou perfeitamente. Comprei o sapato, casaco e segunda pele no setor de ski e montanha da Decathlon!

Foi uma visão geral... Se quiserem eu posso tentar bolar um esquema do que eu traria se fosse preparar minha mala hoje. :)

Bisous!

Share this:

, ,

Conta pra mim o que você achou

0 comentários:

Postar um comentário