Sobre Documentação

Oi pessoal! Acho que uma das etapas mais importantes antes de uma viagem internacional é ter em mente qual a documentação necessária para realizá-la. Aqui busco sintetizar os processos que precisei fazer antes de chegar aqui e um ou outro documento que trouxe a mais.
Antes gostaria de deixar claro que estou no país por um período de aproximadamente 6 meses e não como residente permanente, mas busquei alguns links que possam ser úteis para quem tem interesse em imigrar para o Canadá e deixarei todos ao fim do post. :)

Passaporte:

Ok. O básico é caso você não tenha ainda o passaporte, tirá-lo. O meu estava vencido há anos e tive que fazer um novo, fique atento(a) aos prazos do posto da Polícia Federal próximos a você. Lembro que agendei minha entrevista para foto e coleta de digitais (o meu passaporte antigo era o verde ainda) para algo em torno de 1 mês depois do dia que abri o processo tamanha era a demora. Uma dica legal aqui é que, ao menos em Curitiba, você pode tentar ir a PF logo cedo em um dia que não seja aquele agendado e pedir para fazer um encaixe. Eu fiz isso. No meu caso em uns 15 minutos fui chamada mas meu namorado ficou quase 2 horas para ser atendido. Tudo irá depender do movimento na PF. Mesmo assim é um adianto no processo. Feito isso em 1 semana o passaporte fica pronto (pelo menos esse era o prazo ano passado - 2014).

Visto:

Com o passaporte em mãos entra a segunda etapa: visto. Brasileiros precisam de visto para entrar no Canadá, seja como turista, como estudante ou como trabahador. Nesse ponto é bom saber exatamente qual o tipo de visto que você precisará. No meu caso vim com um visto de trabalho, pois não estou matriculada em nenhum curso regular por aqui, vim como "estagiária de pesquisa". Meu visto custou R$402,00 em outubro de 2014, além disso gastei mais R$250,00 com taxas da empresa que fez o processo para mim. No visto canadense não há a obrigatoriedade de ir até o consulado em São Paulo, como era com o visto americano em um passado longínquo. Meu visto expira logo após o prazo indicado por mim de permanência aqui, ou seja ao fim de julho ele acaba. 
Um ponto importante, a Província do Québec é meio enjoada e normalmente quando alguém vem para cá para estudar é necessário também a CAQ (Québec Acceptance Certificate), que seria algo como uma carta convite da Provincia para você, esteja atento a isso. No meu caso não foi necessário pois participei de um processo seletivo do Governo e durante a troca de e-mail com quem geriu o processo eles deixaram claro que a CAQ não seria necessária no meu caso, o pessoal da Schultz (quem fez o processo do visto pra mim) chegou a inclusive anexar esse e-mail ao meu processo de visto.

Para o visto são necessários:

  • Passaporte com validade mínima de 6 meses;
  • Passaporte anterior original(se possuir);
  • 2 fotos 3x5 cm recentes e iguais (fotos de outros tamanhos não são mais aceitas pelo Consulado Canadense);
  • Cópia da Carteira de Identidade (RG) ou certidão de nascimento;
  • Cópia do Imposto de Renda completo com Recibo de entrega, pessoa física, ref. último exercício;
  • Se empregados, acrescentar: Cópia dos 3 últimos holerites + carteira profissional/págs com os dados pessoais e o contrato + Carta do  empregador definindo período de férias/ Aviso de férias;
  • Se Empregadores, acrescentar: Cópia dos 3 últimos pró-labores + última alteração contratual e cartão CNPJ;
  • Cópia dos 3 últimos extratos bancários (Conta corrente/poupança/investimentos...);
  • Se possuir algum parente ou amigo no Canadá, acrescentar: Obtenha uma carta remetida diretamente a você por seus anfitriões no Canadá. Essa carta deverá ser um convite para você visitar o Canadá e deverá estar acompanhada de um documento justificativo da situação de seu anfitrião – uma prova de sua cidadania canadense (por exemplo: certidão de nascimento no Canadá ou cartão de cidadania canadense) ou uma cópia de seu cartão de residente permanente ou visto de residente temporário. Confirme se essa comprovação de situação é legível;
  • Estudantes deverão apresentar declaração escolar atualizada;
  • Formulário de consentimento do VAC;
  • Formulário Family (IMM 5645);
  • Formulário Representative;
  • Formulário adicional totalmente preenchido e assinado
Isso é algo geral, aconselho procurar uma agência para confirmar se estes continuam sendo os documentos necessários. Depois de aplicado em cerca de 20 dias meu passaporte voltou com o visto emitido.

Visto Americano: 

Além disso, tirei também um novo visto americano de turismo. EU já havia comprado a passagem sem escala pelos EUA, mas caso surgisse (ou surja) a oportunidade de atravessar a fronteira a passeio já estou com ele em mãos. De qualquer maneira, o processo para a retirada do visto americano foi rápido. Fiz sozinha, sem o uso de agências para preeencher a documentação. Consegui agendar a entrevista para a mesma semana (fiz em um sábado na terça ou quarta estava em SP). Tranquilo.

Permissão  Internacional para Dirigir:

Pedi pelo site do Detran, a minha carteira de motorista internacional. Não é  algo indispensável, você pode trazer apenas a CNH traduzida que teoricamente funciona. Paguei algo em torno de R$ 80,00 por ela que tem a duração da minha CNH. Chegou em casa sem problemas e rápido. Acho que pedi a minha em janeiro, logo antes de viajar e chegou sem problemas no prazo. Já usei? Não! Mas vai quê?! =D

Fora isso tudo, o processo de imigração no aeroporto foi tranquilo e rápido. No avião você preenche um formulário que deverá ser entregue nos guichês da imigração. Cheguei cedo em Toronto, por volta de 6h da manhã, passaaporte com visto e formulário em mãos, passei pelo guichê e fui enviada para uma outra sala. Meu formulário foi marcado com uma caneta não lembro de qual cor, rosa, laranja... Na outra sala, precisei mostrar novamente meu visto e explicar o que ia fazer aqui, aí e deram meu Work Permit, com todas as restrições aplicáveis, por exemplo que meu empregador é a Université Laval e posso trabalhar apenas lá. Essas coisas. Precisei do Work Permit para a inscrição na Francisation aqui.
Com Work Permit em mãos, corri para buscar minhas malas (meu voô para Montreal saía as 8h) e passei pela alfândega e não tive problemas também. 
Malas despachadas novamente e fui atrás das minhas conexões.

Bom pessoal, espero que isso seja de qualquer maneira útil. Não foi um processo complicado, mas ressalto, não vim como imigrante nem passei pelo processo para tal. Deixo aqui pro fim a seleção de links para quem tem interesse em imigrar para o país. :) 

Bisous!

Links úteis:
Imigração Canadá - compilado de links
Canadá para Brasileiros - Resumo do novo processo de imigração
Projeto Canadá - Custo de vida, processo de imigração, etc. Para diversas cidades. 
Blog do Pedro Silva - Conta sobre o processo do autor em imigrar para Montréal 
Deam on Canadá - Brasileiro no processo de imigração



Share this:

,

Conta pra mim o que você achou

0 comentários:

Postar um comentário