Cozinha da Tamirinha: Batatas gratinadas do Jamie Oliver


Essa sessão é basicamente um compilado de receitas testadas e aprovadas pela casa. Com uma alteração ou outra.
Vou contar que não sou fã número 1 de arroz, então sempre que posso trocá-lo por outro acompanhamento faço de bom grado. Além do mais tive umas experiências péssimas fazendo arroz aqui no Canadá, todos viraram um pudim até nós recebermos em casa um sedex especial com arroz, feijão e farofa de casa (aí deu certo) ! hehehe
Uma das coisas que trouxe na mala foi o livro "Jamie Oliver: 15 minutos e pronto" que tem minha receita de batatas preferida até então e é ela que eu reproduzo aqui (com minhas devidas anotações):
Observação importante a receita completa (da foto) conta com a descrição de como preparar o frango também, mas me concentrarei apenas nas batatas que pra mim são perfeitas!
Imagem: Jamie Oliver
Batatas Gratinadas:

800 g de batata (ou o quanto você achar que baste)
3 cebolas (pequenas, com alho poró fica féra também!)
01 cubo de caldo de galinha
1/2 maço de sálvia fresca (nunca usei sálvia por nunca ter em casa, sempre uso salsinha)
100ml de creme de leite (não precisa ser fresco)
30g de queijo parmesão (ou mussarela, cheddar... vai do gosto e da geladeira do freguês)
Sal e pimenta-do-reino a gosto


Preparo:

Corte as batatas em rodelas finas, se você tiver um processador aproveite, coloque em uma panela média cubra com água fervente e tampe. Descasque e pique as cebolas finamente também em rodelas (processador!) e espalhe na assadeira com 2 colheres de azeite,  esmigalhe o cubo de caldo de galinha, tempere com sal e pimenta. Rasgue as folhas de sálvia (ou salsinha) e borrife água caso a cebola comece a grudar no fundo.
Nota: Jaminho como é possível notar sugere a preparação direto na assadeira, caso você tenha uma que possa ir ao fogo ótimo. Eu não tenho, então faço em uma frigideira e depois transfiro para a assadeira. 
 Assim que notar que a batata está cozida (por ela estar fina é rápido) escorra bem e a coloque junto com a cebola na assadeira. Misture bem e nivele o topo. Despeje o creme de leite e salpique (muito) o queijo já ralado. Leve ao forno alto, de preferência na prateleira do alto, embaixo do grill. Assim que atingir o gratinado que você deseja tire e sirva imediatamente. 

Essa receita é uma delicia e super rápida. O que acontece é que normalmente dou uma exagerada na quantidade que eu faço (não faço quase 1 kg como ele indica, mesmo assim faço mais que o suficiente pra duas pessoas) e acaba sobrando. O resto do gratinado acaba entrando em uma receita de sopa-creme de batata que lembra bastante a do Outback. 

Quem sabe na próxima receita ela não aparece aqui?! Afinal já é outono no Brasil e aqui a primavera tem nos oferecido belos dias de -16°C. Perfeitos pra sopas!


Receita: Jamie Oliver 15 Minutos e Pronto.



Share this:

,

Conta pra mim o que você achou

0 comentários:

Postar um comentário